Conheça os diferentes tipos de ortodontia e a importância do tratamento

Ortodontia não indica apenas a área para correção de dentes desalinhados e questões estéticas. Exatamente por esse motivo, conheceremos neste artigo os tipos de ortodontia, área que cuida da prevenção, reduzindo futuras complicações.

Isso é necessário porque a arcada dentária se forma desde os primeiros anos de vida, a partir do maxilar e mandíbula. Contudo, por diferentes motivos, diversos problemas estruturais podem ocorrer e afetar o bem-estar.

Muitos problemas que nos levam a usar, por exemplo, o aparelho dentário de porcelana tem origem em hábitos que desenvolvemos desde a infância, influenciando – até gradualmente – na formação da arcada, como o uso da chupeta e – até mesmos – problemas de dicção e respiratório podem ocasionar em movimentos que prejudiquem a correta formação da arcada.

Inclusive, esses fatores podem estar relacionados, uma vez que a formação inadequada da dentição também pode comprometer a respiração, impactando no posicionamento da língua e acarretando na movimentação das estruturas dentais, por exemplo.

Deste modo, a ortodontia preventiva é indicada ainda na infância, até os 12 anos, fase em que os dentes de leite, em sua maioria, foram trocados pelos permanentes e, portanto, é o momento ideal para prevenir/corrigir futuros problemas e distanciamentos.

Tratamento preventivo

O tratamento preventivo, portanto, se caracteriza por pequenas intervenções com a finalidade de preservar a saúde bucal, reduzindo os riscos de problemas de oclusão – que é o contato dos dentes superiores com os inferiores no momento da mordida de forma inadequada.

Além disso, tais procedimentos podem ser feitos de modo a intervir com agilidade, liberando espaço durante o processo de substituição dos dentes, de modo que a dentição rompa de forma mais adequada – diminuindo a necessidade de procedimentos mais intensivos.

Algumas das intervenções mais utilizadas nesta fase são:

No caso do aparelho, o intuito é reduzir a necessidade do modelo fixo e manter um espaçamento correto após a queda dos dentes decíduos (leite).

Já os desgastes podem ser feitos para aumentar o espaço na hora do fechamento da boca, evitando uma oclusão errada, mas deve ser feito com atenção e em casos específicos.

Por fim, o expansor palatino age como um aparelho de dente que visa alargar o céu da boca para trazer o espaço necessário para o crescimento correto, ou reposicionamento, dos dentes permanentes.

De modo geral, esses procedimentos visam evitar aspectos como:

  • Má oclusão;
  • Mudanças ósseas-faciais;
  • Extrações dentárias;
  • Uso do aparelho fixo, se possível;
  • Redução dos impactos da chupeta;
  • Problemas de dicção;
  • Mau posicionamento da língua;
  • Respiração bucal.

É importante ressaltar que o tratamento preventivo, mediado pelo profissional, também atua de modo a educar sobre hábitos relacionados à higiene bucal, o que promove mais saúde e reduz doenças como a cárie. 

Inclusive, de modo a deixar mais claro sobre o que se trata o tratamento preventivo, é possível ressaltar procedimentos como a profilaxia e aplicação de flúor nas consultas clínicas com o dentista, visto que evitam a cárie e seus impactos na estrutura dental.

Neste ponto, o profissional também pode trazer orientações diversas, como evitar hábitos de morder o canto da boca, ranger os dentes ou morder embalagens diversas, pois podem ocasionar quebras sendo necessário a busca por quanto custa restauração de dente, além de complicações futuras decorrentes da pressão na estrutura dental.

Assim, seguindo um tratamento preventivo correto, as chances de precisar de tratamentos futuros são bastante reduzidas.

Ortodontia interceptativa

Quando uma alteração já existe, ou seja, uma situação anormal em relação ao padrão correto da arcada surge, alguns procedimentos podem ser adotados a fim de diminuir a gravidade ou até mesmo de eliminar suas causas.

Ou seja, é a área destinada a “interceptar” o quadro e corrigi-lo antes que se agrave.

Uma das maiores causas de oclusão e de medidas interceptativas é a mordida cruzada, ou mordida invertida, que se caracteriza por um desalinhamento dos dentes superiores e inferiores.

Tal quadro causa desconforto enquanto a boca está fechada, desgastes dos dentes durante a mordida e podendo deixar a boca “torta” devido a este desvio na mandíbula.

A partir desta anormalidade já estabelecida é que o tratamento interceptivo se faz necessário, e consiste em tratamentos mais invasivos, como o uso do aparelho fixo ou móvel, podendo ser aparelho odontológico transparente ou arco palatino.

Contudo, de um modo geral, o modelo fixo é o mais aplicado, pois a força liberada é contínua e, em alguns casos mais intensa que os móveis, visto que por poderem ser removidos o tratamento pode ser impactado se não houver disciplina do paciente.

Tratamento corretivo

Se o paciente em questão está em fase permanente ou já no final da troca de dentição, bem como a estrutura óssea já está definida, precisando corrigir algum problema de oclusão ou alinhamento dos dentes, a ortodontia corretiva ou tradicional é a responsável pelo ajuste.

Com o uso do aparelho dentário invisível, é possível promover o movimento planejado da arcada de forma geral, como os dentes e a mandíbula, de forma gradual, corrigindo o posicionamento, além de melhorar a estética e saúde bucal.

Importância da ortodontia

Seja ela preventiva, interceptativa ou corretiva, todas são técnicas estudadas proporcionam um bem-estar relacionado à saúde bucal.

É muito importante que desde criança, todos tenham acesso a um ensino básico de tratamento dos dentes, para evitar problemas futuros, entretanto, já temos meios de corrigir, em qualquer fase da vida, problemas que não tenham sido pré diagnosticados e tratados, visto que o acesso é cada dia mais facilitado. 

O acompanhamento por profissionais e os cuidados ao longo da vida são importantes antes que seja necessário um implante dentário carga imediata, que por mais que seja efetivo e de qualidade, geralmente é necessário por já ter havido danos consideráveis na dentição permanente.


Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

You Might Also Like
Deixe uma resposta