marketing inclusivo

Você sabe o que é marketing inclusivo?

O marketing inclusivo é uma tendência extremamente necessária ultimamente. Afinal, cada pessoa tem o seu universo particular, as suas preferências, bem como suas opções e escolhas e elas são dos mais variados tipos.

O marketing inclusivo é uma estratégia utilizada nas empresas para criar campanhas, anúncios e diversos conteúdos para que elas possam se comunicar com os indivíduos, levando em consideração seus estilos de vida independentemente de quais forem.

Basicamente, essa estratégia empresarial tem como objetivo planejar e criar um projeto de comunicação focado em pessoas sem representatividade histórica ou que são retratadas naturalmente de forma estereotipada.

Em outras palavras, as pessoas que fazem cirurgia penectomia em gatos são vistas de forma diferenciada pelos moldes tradicionais que a sociedade impõe ou determina.

Por que uma empresa adota o marketing inclusivo?

Uma empresa passa a praticar o marketing inclusivo porque, quando ela escolhe adotar essa modalidade de marketing, provavelmente, não leva em consideração os seguintes fatores, no que se refere às pessoas:

  • Idade;
  • Identidade de gênero;
  • Etnia;
  • Situação sócio econômica;
  • Capacidade intelectual;
  • Orientação sexual;
  • Crença religiosa;
  • Diversidade cultural.

É perceptível que cada vez mais as empresas têm percebido o quanto é fundamental trabalhar em questões que envolvem pequenos grupos de pessoas que gostam de etiqueta de papel com furo de forma assertiva e respeitosa.

Esse gosto específico, que não é tão anormal, pelo contrário, é bem comum, não tem relação com a forma de vida escolhida, tampouco com a condição financeira do indivíduo. Ou seja, se ele tem mais ou menos dinheiro.

É por isso que o marketing inclusivo tem gerado grandes resultados para as empresas, bem como um latente interesse em se debater o assunto em diversas mídias sociais.

Com o passar do tempo, a sociedade percebeu que todos os indivíduos devem ser retratados em propagandas de televisão e não apenas aqueles considerados como tradicionais dentro do contexto social.

Como essência, o marketing de inclusão tem o dever de realizar uma profunda reflexão entre os indivíduos sobre a diversidade do mundo real.

E, como indicadores são citados os grupos com diferenças raciais e étnicas, pessoas portadoras de deficiências, indivíduos de diversas culturas e principalmente as pessoas do grupo LGBTQI+.

O marketing inclusivo é importante porque consegue mostrar de verdade o mundo como ele é, com pessoas diversas em suas atitudes e maneiras de viver, sendo felizes com as suas formas de serem.

Os consumidores de sala planejada grande podem se encaixar em qualquer tipo de diversidade, não sendo levado em consideração, em nenhum momento, qual é a situação econômica de cada um, pois isso não impede a sua escolha.

Portanto, quando algum desses consumidores entram em uma loja, por exemplo, ele deve ser tratado da mesma maneira que um indivíduo considerado tradicional, na visão da sociedade.

O marketing inclusivo também acaba sendo relevante quando consegue alcançar públicos diferentes, que nunca foram considerados e o relacionamento entre empresa e consumidor realmente não tem que ser diferente, em nenhuma situação.

Impactos desta modalidade de marketing

Invariavelmente, toda empresa que aposta no marketing inclusivo traz com essa opção alguns impactos que podem ser identificados, não somente para ela, mas também na visão das pessoas que são envolvidas, tais como:

  • A empresa passa a vender salas planejadas para qualquer pessoa;
  • O preconceito cultural diminui;
  • Mudanças sociais positivas acontecem;
  • Os conteúdos oferecidos são passados de forma respeitosa;
  • Os profissionais de marketing não desclassificam qualquer tipo de diferença;
  • Transforma a definição de beleza atualmente tão estigmatizada;
  • Muda a maneira como as pessoas enxergam o mundo;
  • A sociedade se transforma, aceitando novos modelos de vida;
  • Permite que as pessoas sejam mais respeitadas com suas diversidades;
  • Abre possibilidades para novas empresas adotarem esse tipo de marketing;
  • Aumenta as vendas de produtos e serviços;
  • As marcas se tornam exemplo diante dos concorrentes e sociedade.

O marketing inclusivo já caminha a passos largos e é notável a diferença que ele faz quando a organização o adota.

Não se trata apenas de tentar atrair mais clientes para mais vendas, mas de uma forma de mostrar que todos os seres humanos possuem o direito de escolherem de que forma querem viver e estarem felizes.

Ninguém descarta a possibilidade de maiores vendas de um pacote fim de semana, pois esse é o intuito da empresa que trabalha com viagens.

Porém, criar ambientes, programações e eventos direcionados para um público diferenciado é muito importante para que essas vendas possam acontecer.

Como trabalhar o marketing inclusivo na empresa

Ações bem elaboradas contribuem muito para que a corporação obtenha sucesso nesse caminho da inclusão, tais como: criar uma comunicação inovadora, elaborar campanhas internas e externas de conscientização, abordar temas raciais, de gênero e sexualidade.

Também doar os lucros das vendas para organizações sem fins lucrativos que trabalham com inclusão social, criar logotipos que identificam qualquer tipo de inclusão e incentivar o combate aos pensamentos discriminatórios.

Além de que é possível mostrar pessoas reais, evitando os estereótipos, pensar em campanhas criativas que causem conexão e empatia, e contratar profissionais com perfis diferenciados.

Benefícios em realizar a implementação

De uma forma geral, adotar o marketing inclusivo, ainda que ele produza resultados lentos, traz benefícios, como: ajuda as marcas a se conectarem com públicos novos e o profissional de marketing consegue ter ideias diferentes na criação de mensagens.

Os canais de comunicação também passam a apoiar as empresas, as marcas se unem para alavancar os processo de inclusão e as pessoas se sentem mais respeitadas e aceitas com as suas diferenças.

Além de que os resultados positivos aproximam mais os indivíduos e as empresas, a mentalidade empresarial tende a mudar, reconhecendo o valor da inclusão e a companhia passa a se comunicar com todos os tipos de público.

Também é válido ressaltar que o propósito inclusivo alcança maior número de pessoas, o usuário passa a ter um sentimento de pertencimento e o posicionamento do usuário diante da inclusão dá suporte às marcas.

Inclusive, o posicionamento favorável é bem-vindo na visão das empresas e consumidores e gera valor para a marca, destacando a marca entre os concorrentes.

Quando o marketing é focado na diversidade e na inclusão ele se torna uma ferramenta capaz de gerar valor para uma empresa no mercado em que atua, como os postos de gasolina, que realizam trocas de óleo.

Porém, ele precisa ser usado de forma genuína e clara, pois a incoerência entre o que a empresa promove em suas estratégias e a forma como toma decisões no dia a dia, com certeza será alvo da visibilidade pública.

Essa visão, mais cedo ou mais tarde a imagem empresarial. Por essa razão, é que as causas sociais devem ser levadas a sério, para que a organização vá em busca de um desenvolvimento saudável e positivo.

Quando alguém pesquisa por massoterapia perto de mim, por exemplo, e consegue encontrar um profissional experiente nessa área, a pessoa não pode ser discriminada em nenhum momento na hora do procedimento.

É isso que o marketing de conteúdo também tem por objetivo: diminuir o preconceito e a discriminação em qualquer situação.

Considerações finais

O marketing inclusivo tem sido muito adotado pelas empresas nos últimos tempos. Com ele, as organizações abrem diversas possibilidades para que a mentalidade interna e da sociedade passe a mudar diante de comunidades minoritárias.

A inclusão permite que pessoas que nunca foram ouvidas ou consideradas importantes, possam demonstrar com liberdade as suas preferências, independentemente da idade, situação sócio econômica ou identidade de gênero.

Cada indivíduo possui a capacidade intelectual ou orientação sexual, sua crença religiosa ou diversidade cultural e o serviço de um fotógrafo que faz ensaio newborn menino é para todos que pretendem manter suas lembranças guardadas.

Esses fatores elencados podem ser muito bem trabalhados pelos profissionais de marketing, adotando ações que façam com que as empresas, mas também todos os indivíduos se engajem em movimentos inclusivos.

A cada dia percebe-se que as empresas passam a contratar mais e mais profissionais com perfis diferenciados, porque eles auxiliam em uma visão mais adequada e assertiva de como se deve criar uma campanha para públicos diferentes.

O marketing de inclusão veio para unir, engajar e mostrar todo o respeito que os indivíduos merecem para que possam ser felizes da forma que são e que vivem.

Incluir também significa aceitar, respeitar, ampliar possibilidades de relacionamento dos mais diversos, considerando que um novo público pode ser reconhecido como grandes chances das vendas aumentarem substancialmente.

Em suma, sempre que a empresa opta pela inclusão, ela obtém excelentes benefícios, recebendo com isso uma grande aceitação junto à sociedade, bem como junto a outras empresas que fazem parte do mesmo processo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

You Might Also Like
Deixe uma resposta