e-commerce

Saiba todas as vantagens de trabalhar com o e-commerce

O e-commerce é uma modalidade de compra e venda que atrai não apenas os consumidores, como também os empreendedores. Essa modalidade traz inúmeras vantagens para lojistas e clientes.

No entanto, para aproveitar todas elas, é necessário entender as particularidades e características desse modelo e com isso aproveitar todo o seu potencial.

Seu crescimento tem chamado a atenção até mesmo de empresas que possuem estabelecimento físico, por isso, muitas delas já possuem sua loja virtual para que possam aumentar ainda mais as vendas de seus produtos e serviços.

É uma forma de vender a qualquer hora do dia ou da noite, para pessoas de qualquer lugar e sem precisar arcar com os mesmos custos de uma loja física.

Os consumidores, por sua vez, já perceberam que podem comprar tudo o que precisam por um valor mais acessível e receber as mercadorias no conforto do lar.

Mas as vantagens para os empreendedores realmente merecem destaque e estão fazendo com que muitas pessoas invistam nesse tipo de negócio.

Pensando nisso, este artigo busca explicar o conceito de e-commerce, além de como criar uma plataforma de vendas do jeito certo e quais são as vantagens de trabalhar com ele.

Entenda o que é um e-commerce

É importante entender que existem diferenças entre as diferentes categorias presentes no comércio online, principalmente quando se trata das plataformas e-commerce e dos marketplaces.

O e-commerce é uma loja que vende produtos apenas dela, ao passo que o marketplace é como se fosse um shopping virtual que vende produtos de diferentes lojistas, funcionando como um tipo de intermediador.

O comércio eletrônico se mostrou muito viável para aumentar as vendas, ganhar visibilidade, alcançar novos públicos e até mesmo possibilitar que as pessoas possam comprar o que desejam e receber as mercadorias por meio de um caminhão baú frete.

Cada vez mais pessoas se tornam adeptas dessa modalidade de compra, algo que começou a ganhar destaque a partir do ano de 2020. Atualmente, é possível vender diferentes tipos de produtos, dentre eles:

  • Roupas;
  • Calçados;
  • Artigos esportivos;
  • Alimentos;
  • Eletrônicos.

De livros até imóveis, tudo pode ser vendido dessa forma, e é justamente por isso que muitas empresas presentes no varejo físico estão investindo em suas plataformas e-commerce.

Elas conseguem aumentar sua presença digital, acompanham tendências de mercado e ainda oferecem soluções práticas e tecnológicas para as pessoas.

Como criar uma plataforma e-commerce

Antes de saber como criar uma plataforma e-commerce, é importante saber qual é a diferença entre ela e uma loja virtual.

O e-commerce envolve vários processos comuns ao comércio físico, mas não se restringe ao site ou portal de vendas, algo comum com as lojas virtuais. A loja virtual faz parte do e-commerce, mas não é o seu todo.

Por exemplo, uma clínica de acupuntura que aceita convênio permite que seus pacientes marquem as consultas pelo site, mas o tratamento é feito presencialmente. No e-commerce, por sua vez, tudo acontece dentro da internet.

A loja virtual é apenas uma parte de seu funcionamento porque essas empresas também podem vender por meio de outros canais digitais, como marketplace, redes sociais, e-mail marketing, dentre outros.

Uma loja virtual, por sua vez, pode fazer a venda pelo site e o cliente retira a mercadoria na loja, ou seja, houve nessa transição a presença de um estabelecimento físico, algo que não acontece com o e-commerce.

Agora que você já sabe qual é a diferença entre eles, já pode começar a criar seu site de vendas, e algumas dicas para fazer isso são:

Escolher uma plataforma

Existem várias plataformas para criar sua loja, mas é muito importante escolher aquela que atende às suas necessidades e objetivos.

Se o orçamento estiver apertado no momento, é possível otimizar a plataforma, mesmo assim, é indispensável ter um domínio próprio. Uma dica é registrá-lo com o nome do e-commerce.

Feito isso, escolha a plataforma onde a loja será hospedada, sendo esta etapa mais fácil porque existem muitos sites que estão preparados para receber os produtos e começar a vender imediatamente.

Escolher bons fornecedores

Independentemente do tipo de produto que vai vender, como uma impressora sublimática profissional, o importante é escolher bons fornecedores, no entanto essa parte do processo pode ser desafiadora.

Ela envolve preço, tempo de entrega, formas de pagamento, dentre outras questões que podem afetar a satisfação dos consumidores.

Para não escolher errado, leve em conta o que você precisa vender, a quantidade de mercadorias, a frequência para receber novos itens, o espaço de estoque disponível e o orçamento para fazer as compras.

Cuidar da logística de envios

O bom desempenho de uma plataforma e-commerce depende da logística presente na loja, o que envolve processos como planejamento, transporte, armazenamento e envio de produtos. Além disso, outro ponto que pesa muito é o custo do frete.

Assim como uma clínica de criolipólise nas coxas cuida de vários procedimentos para atender os pacientes, você precisa cuidar de outros assuntos para garantir a satisfação de seus clientes.

Desse modo, defina de que maneira os envios serão feitos, considerando o tipo de produto, peso, tamanho e outras informações.

Definir os canais de vendas

Além de vender em seu site, é possível expandir a comercialização de seus produtos por meio de outras plataformas, mas para escolhê-las, é necessário considerar suas vantagens e desvantagens.

Tenha em mente que no e-commerce próprio, é necessário arcar com alguns custos além de fazer a gestão da loja. Para equilibrá-los, vale a pena trabalhar com os marketplaces, embora seja necessário pagar as comissões.

Preparar o atendimento

O nível de satisfação do cliente está diretamente relacionado ao que ele sentiu ao ser atendido pela empresa, e mesmo que o atendimento seja totalmente virtual, as pessoas precisam se sentir à vontade e ter uma boa experiência de compra.

Uma pessoa pode entrar em contato com uma escola de educação infantil jardim 1 para esclarecer uma dúvida, e a mesma coisa pode acontecer com o seu negócio digital.

Defina os canais de atendimento que vão ajudar a conversar com as pessoas, podendo ser por meio de redes sociais, WhatsApp, e-mail, dentre outras possibilidades.

Vantagens de ter um e-commerce

Investir em uma plataforma e-commerce pode trazer muitas vantagens para os empreendedores, e dentre as que mais se destacam estão:

Mais praticidade para os clientes

Seu negócio será capaz de oferecer mais praticidade para os consumidores, pois no ambiente digital, é possível fazer pesquisas e comparar preços de maneira muito mais simples e rápida.

As pessoas valorizam essa possibilidade e aquelas que moram longe de lojas físicas podem consumir os produtos e recebê-los em casa, o que acaba por aumentar a carteira de clientes.

Fácil mensuração

Uma loja virtual de portão articulado de correr tem mais facilidade para acompanhar os resultados, por meio de sistemas de análises de dados. Com isso, pode ter uma visão geral do desempenho de seu trabalho.

Bem entre as informações medidas está o tráfego no site, faturamento mensal, taxa de retorno, volume de transações, dentre outras métricas e informações que ajudam a fazer bom uso da plataforma.

Funcionamento 24/7

Sem dúvidas, esta é uma das maiores vantagens de investir em uma plataforma e-commerce, isso porque você pode vender seus produtos 24 horas por dia, nos 7 dias da semana.

Para o consumidor, isso também é vantajoso porque ele pode comprar o que precisa, no horário que mais lhe convém, ao contrário do que acontece no varejo físico. Como resultado, os lucros serão muito melhores.

Mas assim como você pode vender peças usadas hyundai 24 horas por dia, também precisa oferecer atendimento o tempo todo, principalmente para responder perguntas frequentes.

Uma das formas de fazer isso é criar uma página no site com as principais dúvidas dos consumidores ou usar chatbot para interagir com os consumidores a qualquer momento.

Ausência de limite geográfico

Além de poder vender o tempo todo, as plataformas e-commerce também podem vender para qualquer lugar do mundo, caso você possa exportar os produtos.

Uma loja física não tem essa facilidade, por isso, consegue vender apenas para as pessoas que estão em sua região ou na mesma cidade em que a loja atua.

Mas por meio de uma loja virtual, você pode enviar cortinas columbia para seu cliente, independentemente do local onde ele está localizado.

Considerações finais

O consumidor moderno já percebeu todas as vantagens que o e-commerce pode trazer para seu dia a dia, e isso faz com que a demanda por essa modalidade de compra e venda seja cada vez maior e mais frequente.

O empreendedor, por sua vez, tem a chance de ter seu próprio negócio ou até mesmo de aumentar os lucros de sua loja física, sem precisar abrir uma filial para isso. Seguindo essas dicas, é possível aproveitar todas as vantagens que o e-commerce pode trazer.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

You Might Also Like
Deixe uma resposta